Windy

CONVOCATÓRIA

Nos termos do nº 1, alínea b) do artigo 14 da Lei nº 75/2013 de 12.09, convoco V.Exa. para a reunião ordinária da Assembleia de Freguesia que se realizará no próximo dia 24 de agosto (quinta feira), pelas 20.30 horas, em Vila Pouca, na sede da Associação dos Amigos de Santa Luzia, a Reunião Ordinária da Assembleia de Freguesia de Salzedas, com a seguinte ordem de trabalhos, de acordo com o artigo 19º do Regimento:

Windy

Dando continuidade à tradição mais uma vez se realizam as festas de Salzedas no 3º domingo de agosto. A Junta de Freguesia como sempre apoia as mesmas e convida a todos para aparecerem e participarem.

Windy

No passado dia 17 de junho o Jantar Monástico regressou ao Vale do Varosa, inspirando-se este ano no cereal mais importante na história da região: o milho. “De painço a graúdo” foi o tema da sétima edição deste evento que é já uma referência e que voltou a ter um programa alargado que culminou no Claustro do Capítulo do Mosteiro de Santa Maria de Salzedas.

Windy

No próximo dia 3 de julho (segunda-feira) de 2017, pelas 20:30 horas, no salão paroquial da Murganheira irá realizar-se a reunião de Assembleia de Freguesia de Salzedas.
Recordamos, que esta assembleia deliberou realizar as suas reuniões nos povos da freguesia, por forma a permitir a participação de todas as pessoas nas mesmas.

Windy

DIA A DIA – Na tarde de 7 de Maio, fez-se a bênção, inauguração e abertura do espaço de lazer e convívio da Paróquia / Freguesia local, a que foi dado o nome de Parque Armando Leitão, por tal espaço ser cedido por seus familiares. Presidindo à bênção o Pároco, (P.e Adriano Assis), a inauguração foi oficializada pelos Presidentes da Câmara de Tarouca (Valdemar Pereira) e da Junta de Salzedas (Manuel Laranjo), estando também presentes muitos populares. Entre eles encontrava-se o filho (Dr. José Carlos Leitão) do agora homenageado.

Windy

No próximo dia 2 de junho, às 21h30, o Claustro do Capítulo do Mosteiro de Santa Maria de Salzedas junta música e dança num só espetáculo. “Paralelismos” promete reviver histórias e trazer à imaginação as vidas musicais nas cortes portuguesa e francesa do século XVIII, funcionando este concerto barroco como um agradável sarau palaciano da época, com alternâncias e contrastes entre obras a serem dançadas ou cantadas. A entrada é livre.